Nos últimos 24 meses o Correio aumentou 5 vezes o preço das encomendas, com um reajuste total de mais de 70%. Ficou impossível enviar os produtos sem cobrar o frete.